Thursday, May 31, 2012


Posted on Thursday, May 31, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Wednesday, May 30, 2012



Muitos anos atrás em um teatro em Moscou, o ídolo das matinês Alexander Rostovzev se converteu enquanto fazia o papel de Jesus na peça profana chamada Cristo em um Smoking. Ele deveria ler dois versos do Sermão da Montanha, remover sua toga e gritar “Dê-me meu smoking e minha cartola”! Mas quando ele leu as palavras “Bem-aventurados são os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados,” ele começou a tremer. Ao invés de seguir o roteiro, ele continuou lendo Mateus 5, ignorando as tosses, toques e supetões de seus colegas atores. Finalmente, relembrando um versículo que ele aprendeu em sua infância na Igreja Ortodoxa Russa, ele clamou: “Senhor, lembre-se de mim quando entrares em Teu reino!” (Lucas 23:2). Antes que as cortinas pudessem ser baixadas,  Rostovzev havia confiado em Jesus Cristo como seu Salvador pessoal.

J.K. Johnston, Why Christians Sin, Discovery House, 1992, p. 121.

Posted on Wednesday, May 30, 2012 by Maurilo e Vivian

1 comment

Tuesday, May 29, 2012


Qual darwinista muito conhecido tem tanta crença na evolução que ele está feliz em acreditar mesmo sem evidências?
               
                (A)   Richard Dawkins.
                (B)   Charles Darwin.
                (C)   Dr. Gary Parker.

Resposta:(A) Richard Dawkins.


Em uma palestra na Washington University em St. Louis, Dawkins (professor de zoologia da Oxford University) citou seu comprometimento intelectual com a evolução darwiniana como explicação para a origem do homem: “Não precisamos de evidências. Sabemos que é verdade” (World Magazine, 22 de Março de 1997, página 10).

Comentários:
“Mesmo que todos os dados apontem para um designer inteligente, tal hipótese é excluída da ciência porque ela não é naturalística”.
Dr. Scott C. Todd, Imunologista da Kansas State University, Nature, 30 de Setembro de 1999, página 423.
“Charles Darwin apresentou A Origem das Espécias para um mundo descrente em 1859 – três anos depois de Clerk Maxwell [um criacionista] ter publicado On Faraday’s Lines of Force. A teoria de Maxwell, por um processo de absorção, se tornou parte da teoria de campo quântica, e portanto parte da grande estrutura canônica criada pela física matemática. Por contraste, o triunfo final da teoria darwinista, apesar de ser vivamente imaginada por biologista, permanece, junto com a paz mundial e o Esperanto, no horizonte escatológico do pensamento contemporâneo.
David Berlinski, “The Deniable Darwin,” Darwinism, Design and Public Education (Mich. State, 2003), página 157.

Fonte: Evolution, a Fairy Tale for Grownups, Ray Comfort, Brigde Logo, página 136.

Posted on Tuesday, May 29, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Monday, May 28, 2012

segundas com termos da teologia hoje agostinho



Karl Barth (1886-1968:



Sendo um dos mais influentes teólogos do século 20, Karl Barth muitas vezes é mencionado como como pai da Neo-Ortodoxia ou da Teologia Dialética. Barth é conhecido por três contribuições principais: 1) confirmava a absoluta transcendência de Deus, opondo-se aos liberais, que ressaltavam sua imanência; 2) entendia que a verdade surge do choque de idéias antagônicas - finito versus infinito, eterno versus temporal, Deus versus seres humanos; 3) situava Cristo no centro da sua teologia, assim revertendo a teologia liberal que o precedeu, centralizada no homem.

Fonte: Dicionário de Teologia, edição de bolso. Ed. Vida.

Posted on Monday, May 28, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Sunday, May 27, 2012


Ter Paul Washer como um dos preletores na Marcha para Jesus seria algo no mínimo interessante. Tenho a mais absoluta certeza que ele jamais seria convidado para esse evento. Se você não sabe por quê estou falando isso, assista a mais famosa pregação de Paul Washer. E não foi a única. Nós tivemos o prazer de conhecê-lo pessoalmente em 2008.
A parte mais interessante de se ter Paul Washer (ou qualquer pregador reformado) na Marcha para Jesus é que esse evento se tornou um dos melhores para se pregar o evangelho. Não me refiro a pregar o evangelho para a cidade que observa a Marcha. Eu me refiro a pregar o evangelho para os evangélicos que estão participando da Marcha. O pouco de experiência que tivemos com o evento e com muitos outros que também já participaram, é que ali se encontra uma grande quantidade de evangélicos que não possuem a menor idéia do que é o Evangelho. Eles fazem parte de uma religião, mas não possuem o mínimo de conhecimento sobre o que é a nossa fé. E existem vários motivos para isso. Por exemplo, o abandono do ensino bíblico nas igrejas, que se preocupam mais em transmitir uma mensagem de ajuda pessoal, ou motivacional, ou temática, que apenas usam a Bíblia como um livro de boas idéias. Outro exemplo são as igrejas que pregam o pernicioso evangelho da prosperidade, que torna Deus no grande Papai Noel cósmico, que te dará tudo o que você quiser (nesta vida) em troca de um pequeno suborno. Existem outros, mas esses são os principais grupos que precisam ser evangelizados, pois suas almas estão em perigo.
Eu sei que parece exagero, mas uma pessoa que pensa que é cristã mas não o é está em uma situação muito pior do que aquele que sabe que não é. Ao menos, precisamos mostrar o verdadeiro evangelho para essas pessoas e deixar o Espírito Santo fazer o trabalho de conversão.
Sei que Paul Washer não vai vir. Mas que seria legal vê-lo pregar para o público da Marcha, isso seria.

Posted on Sunday, May 27, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Saturday, May 26, 2012


"Viva como se você pensasse que Cristo poderia voltar a qualquer momento".
J. C. Ryle

Posted on Saturday, May 26, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Friday, May 25, 2012




1) Para absorver a ira de Deus
Gálatas 3:13 – Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Romanos 3:25 – Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus;

1 João 4:10 – Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.

2) Para agradar Seu Pai Celestial
Isaías 53:10 – Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão.

Efésios 5:2 – E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

3) Para aprender a obediência e ser perfeito
Hebreus 5:8 – Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu.

Hebreus 2:10 – Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e mediante quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse pelas aflições o príncipe da salvação deles.

4) Para alcançar sua própria ressurreição dos mortos
Hebreus 13:20-21 - Ora, o Deus de paz, que pelo sangue da aliança eterna tornou a trazer dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, grande pastor das ovelhas, vos aperfeiçoe em toda a boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em vós o que perante ele é agradável por Cristo Jesus, ao qual seja glória para todo o sempre. Amém.

5)Para mostrar a riqueza do amor e da graça de Deus
Romanos 5:7-8 – Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

João 3:16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Efésios 1:7 – Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,

6) Para mostrar seu próprio amor por nós
Efésios 5:2 – E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Efésios 5:25 – Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

Gálatas 2:20 – Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

7) Para cancelar as exigências legais da Lei contra nós
Colossenses 2:13 – E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,

8) Para se tornar resgate para muitos
Marcos 10:45 – Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.

9) Pelo perdão de nossos pecados
Efésios 1:7 –Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça,

Mateus 26:28 – Porque isto é o meu sangue; o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.

10) Para prover a base de nossa justificação
Romanos 5:9 – Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

Romanos 3:24 – Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

Romanos 3:28 – Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.

11) Para completar a obediência que se torna a nossa retidão
Filipenses 2:8 – E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.

Romanos 5:19 – Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.

2 Coríntios 5:21 – Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Filipenses 3:9 – E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé;

12) Para levar embora a nossa condenação
Romanos 8:34 – Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.

13) Para abolir a circuncisão e todos os rituais como base para a salvação
Gálatas 5:11 – Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado.

Gálatas 6:12 – Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo.

14) Para nos trazer para a fé e nos manter fiéis
Marcos 14:24 – E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que por muitos é derramado.

Jeremias 32:40 – E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim.

15) Para nos tornar santos, sem culpa e perfeitos
Hebreus 10:14 – Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados.

Colossenses 1:22 – No corpo da sua carne, pela morte, para perante ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis,

1 Coríntios 5:7 – Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.

16) Para nos dar uma consciência limpa
Hebreus 9:14– Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?

17) Para obter para nós todas as coisas que são boas para nós
Romanos 8:32 – Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?

18) Para nos curar da doença moral e física
Isaías 53:5 – Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Mateus 8:16-17 – E, chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados, e ele com a sua palavra expulsou deles os espíritos, e curou todos os que estavam enfermos;
Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças.

19) Para dar vida eterna para todos que acreditarem Nele
João 3:16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

20) Para nos livrar do presente século mau
Gálatas 1:4 – O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai,

21) Para nos reconciliar com Deus
Romanos 5:10 – Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.

22) Para levar-nos a Deus
1 Pedro 3:18 – Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

Efésios 2:13 – Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.

23) Para que pudéssemos pertencer a Ele
Romanos 7:4 – Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.

1 Coríntios 6:19-20 – Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

Atos 20:28 – Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.

24) Para nos dar ousadia para entrar no santuário
Hebreus 10:19 -Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,

25) Para se tornar para nós um lugar onde pudêssemos encontrar Deus
João 2:19-21 – Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias? Mas ele falava do templo do seu corpo.

26) Para trazer ao fim o sacerdócio do Velho Testamento e se tornar o Eterno Sumo sacerdote
Hebreus 7:23-27 – E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer, mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo. Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.

Hebreus 9:24-26 – Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus; Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio; De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo.

Hebreus 10:11-12 - E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados;
Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus,

27) Para se tornar um Sacerdote complacente e auxiliador
Hebreus 4:15-16 – Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

28) Para nos livrar da futilidade dos nossos ancestrais
1 Pedro 1:18-19 – Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,

29) Para nos livrar da escravidão do pecado
Apocalipse 1:5-6 – E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,
E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.

Hebreus 13:12 – E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta.

30) Para que morrêssemos para o pecado e vivêssemos para a retidão
1 Pedro 2:24 – Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.

31) Para que morrêssemos para a Lei e dessemos frutos para Deus
Romanos 7:4 –Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.

32) Para permitir que vivamos para Cristo e não para nós
2 Coríntios 5:15 – E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.

33)Para tornar Sua cruz nossa base de glória
Gálatas 6:14 – Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.

34) Para permitir que vivamos na fé no Filho de Deus
Gálatas 2:20 – Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

35) Para dar ao casamento seu significado mais profundo
Efésios 5:25 – Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

36) Para criar um povo apaixonado pelas boas obras
Tito 2:14 – O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.

37) Para nos chamar para seguir Seu exemplo de amor
1 Pedro 2:19-21 – Porque é coisa agradável, que alguém, por causa da consciência para com Deus, sofra agravos, padecendo injustamente. Porque, que glória será essa, se, pecando, sois esbofeteados e sofreis? Mas se, fazendo o bem, sois afligidos e o sofreis, isso é agradável a Deus. Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas.

Hebreus 12:3-4 – Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.
Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado.

Filipenses 2:5-8 – De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, ,as esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.

38) Para criar um grupo de seguidores crucificados
Lucas 9:23 – E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

Mateus 10:38 – E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

39) Para nos livrar da prisão do medo da morte
Hebreus 2:14-15 – E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo;
E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão.

40) Para que pudéssemos estar com Ele imediatamente após a nossa morte
1 Tessalonicenses 5:10- Que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.

Filipenses 1:21,23 – Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho... Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.

2 Coríntios 5:8 – Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor.

41) Para garantir nossa ressurreição da morte
Romanos 6:5 – Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição;

Romanos 8:11 – E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

2 Timóteo 2:11 – Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;

42) Para despojar principados e potestades
Colossenses 2:14-15 – Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

1 João 3:8 - Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.

43) Para liberar o poder de Deus no evangelho
1 Coríntios 1:18 – Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.

Romanos 1:16 – Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.

44) Para destruir a hostilidade entre as raças
Efésios 2:14-16 – Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,
E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades.

45) Para resgatar pessoas de toda tribo, língua e nação
Apocalipse 5:9 – E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação;

46) Para juntar todas as Suas ovelhas ao redor do mundo
João 11:51-52 – Ora ele não disse isto de si mesmo, mas, sendo o sumo sacerdote naquele ano, profetizou que Jesus devia morrer pela nação. E não somente pela nação, mas também para reunir em um corpo os filhos de Deus que andavam dispersos.

João 10:16 - Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.

47) Para nos livrar do Julgamento Final
Hebreus 9:28 – Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

48) Para a alegria Dele e para a nossa
Hebreus 12:2 – Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.

49) Para que Ele fosse coroado com glória e honra
Hebreus 2:9 - Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor do que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos.

Filipenses 2:7-9 – Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

Apocalipse 5:12 - Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.

50) Para mostrar que a pior das maldades é usada por Deus para o bem
Atos 4:27-28 – Porque verdadeiramente contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel;
Para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer.  

Posted on Friday, May 25, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Thursday, May 24, 2012


Nós temos um amigo no Facebook que se diz cristão, mas gosta muito de postar imagens da ATEA- Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos. E não apenas postar essas imagens, mas também defendê-las, mesmo quando sua mensagem não faz sentido. Algumas vezes debatemos com ele pelo próprio Facebook e outras simplesmente deixamos passar. Mas sempre existe uma boa oportunidade para se aprender alguma coisa, já que os desafios lançados pelas imagens possuem questões que muitas pessoas realmente levantam, mesmo que muitas delas se fundamentem fortemente na retórica e na descaracterização do cristianismo e da Bíblia. A última imagem publicada é a que segue abaixo.

  
Essa imagem apresenta um desafio à idéia da coexistência de céu e inferno, por um simples motivo: se o céu é bom e o inferno ruim, como aqueles no céu poderão se alegrar sabendo que milhões (eu diria bilhões) de almas estarão sofrendo no inferno? Assim sendo, céu e inferno não existem. Colocado em forma de silogismo, temos:
  • O céu é um lugar de felicidade e bom.
  • O inferno é um lugar de sofrimento e ruim.
  • As pessoas no céu estão conscientes do sofrimento no inferno.
  • Portanto, o céu não existe.

Perceba que a conclusão não se segue as premissas. Não se pode concluir que o céu não existe simplesmente porque aqueles que ali estão possuem conhecimento sobre o que está acontecendo no inferno. Mas é essa a conclusão que a imagem nos traz. Na verdade, ela já conclui tal coisa mesmo antes de apresentar seus argumentos quando diz “Como poderiam céu e inferno coexistir?”
Mesmo que ignoremos essa falha lógica no raciocínio do texto, ainda sim temos que lidar com a questão: como as pessoas no céu poderão realmente se considerar felizes sabendo que outras pessoas estão sofrendo no inferno? Melhor ainda, vamos tornar a coisa pessoal: como uma mãe poderá ser feliz no céu sabendo que seu filho estará sofrendo eternamente no inferno?
Esse questionamento é facilmente respondido quando entendemos melhor o porquê as pessoas vão parar no inferno. As pessoas vão para o inferno pela suas próprias ações. Ninguém vai para o inferno sem merecer. Ninguém. Diferente do que o texto deixa a entender nenhum inocente jamais irá para o inferno. Todos que vão para lá vão pelos seus próprios pés. Todos nós pecamos (Rom 3:23). Todos nós transgredimos as ordenanças de Deus. A Bíblia diz que não existe nenhum justo, nenhum sequer (Rom 3:10). Se não fosse a ação graciosa de Deus em nos salvar, todos nós terminaríamos no inferno. Se você acha que não estou exagerando, leia o artigo A pergunta do milhão de Dólares e veja como você se sai.
Uma vez definido que todos que vão para o inferno o vão porque merecem, como poderemos ser felizes no céu sabendo que bilhões de pessoas vão passar a eternidade sofrendo a justa punição pelo seu pecado? Por um simples motivo: Deus. No céu, teremos um grande vislumbre da santidade de Deus e perceberemos melhor o quanto o pecado é horrendo. Nosso amor pelo pecado deixará de existir, já que não teremos mais a influência da carne e, livres do pecado, teremos a medida da transgressão do homem e do amor de Deus. Perceberemos o quanto Deus nos amou ao nos salvar mesmo nós sendo transgressores, mesmo merecendo o inferno, assim como aquelas pobres almas que pagam sua sentença.
Tudo parece meio místico, mas é possível observarmos um paralelo em nossa própria sociedade. Vou colocar a frase da seguinte maneira: “como podemos ser felizes no mundo de hoje sabendo que milhões de pessoas estão sofrendo nos presídios?” “Peraí”, você diz, “as pessoas que estão nas prisões são criminosos que estão pagando pelos seus crimes”. Exatamente. Assim também é com aqueles que irão para o inferno. Eles pagam por suas próprias escolhas.
Conforme tivermos a medida da santidade de Deus e da pecaminosidade do homem, poderemos entender melhor como seremos felizes no céu, enquanto bilhões pagam pelos seus crimes contra o Deus eterno.
Se as pessoas se preocupassem menos em como poderiam ser felizes no céu e mais em como poderiam escapar da ira vindoura, elas perceberiam como esse tipo de desafio simplesmente não faz sentido.
Vamos ver qual é a próxima que nosso amigo “cristão” que é fã da ATEA irá publicar no Facebook. Se for algo interessante, tenha certeza que vamos trazer pra cá.

Posted on Thursday, May 24, 2012 by Maurilo e Vivian

1 comment

Wednesday, May 23, 2012


Posted on Wednesday, May 23, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Tuesday, May 22, 2012


No dia 12 de Maio participamos do Café Teológico, na Igreja Batista Jardim Vista Alegre, em São Paulo, onde apresentamos um estudo sobre o que a Bíblia realmente diz sobre escravidão. Abaixo você pode ver os slides da apresentação que fizemos.

Posted on Tuesday, May 22, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Monday, May 21, 2012

segundas com termos da teologia hoje agostinho



Axiologia:



Área de investigação filosófica que estuda a natureza, os critérios, as implicações e as aplicações dos juízos de valor. De modo geral, a axiologia indaga: “o que é bom?” (teoria dos valores); “o que é certo?” (ética); e “o que é belo?” (estética).

Fonte: Dicionário de Teologia, edição de bolso. Ed. Vida.

Posted on Monday, May 21, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Sunday, May 20, 2012




Uma vez eu ouvi Craig Hazen, professor de religião comparada da Biola University,  no programa Stand to Reason (um programa de rádio americano sobre apologética e cristianismo) no qual Hazen apresentava um argumento interessante: se alguém resolvesse fazer uma busca espiritual para descobrir qual religião deveria se associar, ela deveria começar pelo cristianismo. E ele apresenta 5 razões para isso:

O cristianismo é testável.
O cristianismo possui um teste que pode ser aplicado a ele para saber se é verdadeiro ou não: a ressurreição de Cristo.

Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.
1 Coríntios 15:12-19

O cristianismo é uma religião baseada em conhecimento, evidências e fé. A fé é resultado do conhecimento e das evidências. E para conhecer as evidências em favor da ressurreição de Cristo você pode ler o post Artigos sobre aressurreição de Cristo, ou você pode digitar a palavra ressurreição na caixa de busca do blog para pesquisar os vários artigos sobre a ressurreição de Cristo. Como temos rico material sobre o assunto, não vou me repetir aqui, mas só quero afirmar que a ressurreição corpórea de Cristo é um dos eventos mais bem documentados e atestados da história. Posso afirmar isso porque a grande maioria dos historiadores concorda com as premissas que levam à conclusão que Cristo ressuscitou. Só não concordam com a conclusão. Coloque o cristianismo à prova, analisando as evidências e verificando se Cristo ressuscitou mesmo ou não. Mas lembre-se: é necessário estar aberto à possibilidade de que Cristo realmente ressuscitou. Começar a investigar a ressurreição de Cristo com a idéia pré-definida de que ele não ressuscitou, é já definir o resultado antes de conhecer o resultado.

O cristianismo é de graça.
Enquanto outras religiões vão exigir de você trabalhos e obras para tentar ser salvo, o cristianismo tem a salvação baseada no trabalho de outra pessoa: Jesus Cristo. A salvação é uma dádiva gratuita de Deus para o homem. Toda obra feita pelo cristão após a sua salvação é apenas reflexo dessa mesma salvação. Se for para começar a pesquisar uma religião, por que não começar por aquela que é gratuita?

A visão de mundo cristã oferece uma perspectiva que se encaixa no mundo como ele realmente é.
Veja que o cristianismo se encaixa bem com o mundo como ele é. Por exemplo, religiões orientais dizem que o sofrimento é uma ilusão. O ateísmo não consegue fundamentar a existência da moralidade (se somos apenas matéria e átomos em movimento, então, não existe certo ou errado, bem ou mal, existem apenas átomos em movimento). Como você poderia explicar para um sobrevivente do Holocausto que as atrocidades dos nazistas foram apenas átomos em movimento? Ou por exemplo o pensamento pós-moderno, que diz não existir certo ou errado, que é impossível sabermos se algo é verdadeiro ou não. Mas se isso for verdade, então, também é falso, já que é uma declaração de conhecimento sobre algo que não podemos conhecer. Se trouxéssemos esse tipo de pensamento para o nosso cotidiano, não sobreviveríamos nem mesmo um dia.
O cristianismo consegue fundamentar bem a existência do mal e lida diretamente com ele, sem negá-lo, mas apresentando uma solução para o mesmo.
Se você vai começar sua busca por uma religião, deveria começar por uma que reflete o mundo como ele realmente é.

No cristianismo você vive uma vida não compartimentada.
O cristianismo diz que devemos usar nossas mentes no nosso ato de adoração à Deus. Tudo o que somos deve ser engajado na vida cristã. Diferentemente de outras religiões que negam o uso da razão ou pedem para que você esvazie sua mente, o cristianismo nos faz viver como um todo.

O cristianismo tem Jesus como figura central.
Todo mundo quer um pedaço de Jesus. Todo mundo. Todas as religiões que vieram depois do cristianismo fazem alguma menção à ele. Até Richard Dawkins, o famoso militante do ateísmo, tentou trazer Jesus para o seu lado, dizendo que, se Jesus soubesse o que sabemos hoje, ele também seria ateu. O islamismo fala sobre Jesus. Muitos budistas hoje afirmam que Jesus estudou budismo. O espiritismo apresenta Jesus como “um espírito evoluído”. Enfim, qualquer religião sempre irá se beneficiar da figura de Cristo. Então, porque não começar com aquela que tem Jesus Cristo como sua figura principal? De uma forma ou de outra você vai esbarrar na figura de Cristo enquanto estiver em sua busca espiritual. É melhor ir direto ao ponto.

Posted on Sunday, May 20, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments

Saturday, May 19, 2012



"Alguns cristãos tentam ir para o céu sozinhos, em solidão; mas os crentes não são comparados com ursos, ou leões ou outros animais que vagueiam sozinhos; mas aqueles que pertencem à Cristo são ovelhas nesse aspecto, que amam estar juntos. Ovelhas andam em bandos e assim é com o povo de Deus."

Charles Spurgeon

Posted on Saturday, May 19, 2012 by Maurilo e Vivian

No comments